Estados Unidos mantêm seca preocupante sem homens em finais de Grand Slam

0
5
Estados Unidos mantêm seca preocupante sem homens em finais de Grand Slam

Taylor Fritz tinha uma boa oportunidade de, pelo menos, chegar à semifinal de Wimbledon e depois seguir para o duelo com Novak Djokovic sonhanfo com a final. O problema é que o norte-americano cedeu numa batalha de cinco sets com Lorenzo Musetti e acabou por ampliar uma seca preocupante para o tênis masculino nos Estados Unidos.

É que Andy Roddick se mantém como o último homem norte-americano a chegar a uma final de Grand Slam, então em Wimbledon 2009. Para que se tenha noção, desde esse momento já tivemos representantes de… 18 países em finais de Majors! Argentina, Austrália, Áustria, Canadá, Croácia, República Tcheca, Alemanha, Grã-Bretanha, Grécia, Itália, Japão, Noruega, Rússia, Sérvia, África do Sul, Espanha, Suécia e Suíça todos chegaram lá.

Por outro lado, no mesmo período houve oito mulheres norte-americanas chegando a finais do Grand Slam.

Leia também: