Marcelo Melo e Rafael Matos superam estreia nas duplas em Wimbledon

0
5
Marcelo Melo e Rafael Matos superam estreia nas duplas em Wimbledon

Marcelo Melo e Rafael Matos estão na segunda rodada do torneio de Wimbledon. Nesta quarta-feira (3), o mineiro e o gaúcho estrearam no All England Club derrotando os convidados britânicos Jacob Fearnley e Jack Pinnington Jones. A dupla brasileira marcou 2 sets a 0, com parciais de 6-4 e 7-6(5), em 1h42.

Os próximos adversários no Grand Slam, em Londres, na Inglaterra, em data a ser definida, serão o colombiano Nicolas Barrientos e o português Francisco Cabral, ambos ex-parceiros de Matos, que venceram os cabeças de chave 10, o croata Ivan Dodig e o norte-americano Austin Krajicek: 7-6(4) e 7-6(6).

Muito feliz aqui com a vitória. Acho que jogamos muito bem a primeira rodada. Sempre uma estreia de Grand Slam é um pouco mais complicada, principalmente enfrentando dois britânicos, que têm o costume de jogar na grama. Eu e o Rafa jogamos bem na grama, também, nos torneios anteriores. Então sabíamos que ia ser um bom jogo“, explicou Marcelo.

“A chave foi usar a nossa experiência, manter a calma, especialmente no segundo set para fechar, onde a gente teve uma oportunidade no 5 a 4, mas aí não conseguimos, mantivemos a calma e definimos no tie-break. Foi bem importante. E seguir passo a passo“, completou.

Leia também:

[VÍDEO] Medvedev achou que o tie-break tinha acabado e foi se sentar… mas faltava um ponto
Bia Haddad supera chuva, despacha polonesa e avança à segunda rodada em Wimbledon
Rublev explica o fato de bater com a raquete na perna: “Não podia atirá-la ao chão…”

No primeiro set, as duplas mantiveram os seus serviços até o décimo game, quando Melo e Matos conseguiram o break para marcar 6-4 e sair na frente no jogo. O segundo set foi ainda mais equilibrado. O mineiro e o gaúcho tiveram a chance de fechar em novo 6/4, mas os adversários salvaram dois match-points para deixar tudo igual em 5-5. Sem quebras, a definição foi o tie-break, com a dupla brasileira fechando em 7-5 para avançar no Grand Slam. A partida teve uma paralisação por causa da chuva, quando Melo e Matos venciam por 5-4 no set inicial.

Melo foi campeão em Wimbledon na temporada de 2017 em parceria com o polonês Lukasz Kubot, tendo sido finalista em 2013, com o croata Ivan Dodig. E joga o Grand Slam em Londres pela 17ª vez.

O mineiro e o gaúcho fizeram dois torneios preparatórios, antes de Wimbledon, comemorando o título no ATP 250 de Stuttgart, em junho, na Alemanha. Com a conquista, Melo soma seis títulos na grama.

Melo e Matos iniciaram a parceria em maio, de olho nos Jogos Olímpicos de Paris, disputando desde então o ATP 250 de Genebra, na Suíça, Roland Garros, Grand Slam em Paris, na França, e os ATP 250 de Stuttgart, na Alemanha, Eastbourne, na Inglaterra, e agora Wimbledon, com seis vitórias juntos.