Berrettini sai de Wimbledon orgulhoso: «O meu nível continua aí»

0
5
Berrettini sai de Wimbledon orgulhoso: «O meu nível continua aí»

Era o encontro do dia e confirmou em absoluto esse estatuto. Jannik Sinner qualificou-se para a terceira ronda de Wimbledon depois de bater Matteo Berrettini numa batalha brutal de praticamente quatro horas de duração.

MAMMA MIA. Sinner resiste a Berrettini num encontro fantástico em Wimbledon

O número um mundial resistiu ao antigo top 10 naquele que será candidato a um dos duelos do torneio. Berrettini, finalista em 2021, provou – uma vez mais – que quando está bem fisicamente é um caso sério e, no final, apesar da derrota havia o orgulho pelo nível demonstrado.

TRISTE MAS ORGULHOSO

Obviamente vou triste pela derrota mas o principal que devo tirar deste encontro é que o meu nível continua aí. É difícil ser positivo depois de perder mas ver-me a competir de igual para igual contra o número um do mundo e dispor de oportunidades é fantástico. Sinto-me muito orgulhoso de mim mesmo, há muito tempo que não caminhava pelo campo e só pensava no jogo, esquecendo por completo as dores físicas.

SINNER, UM JOGADOR ESPECIAL

Nota-se que está com muita confiança. Não me deixava ar em nenhum momento, não me dava nada. Esperava-o muito sólido mas surpreendeu-me a sua melhoria. Sempre respondeu bem e moveu-se bem. A segurança que tem nas suas pancadas e a maneira de ler os encontros é impressionante. Conseguiu colocar mais efeito nas suas pancadas também. A verdade é que estão a fazer um grande trabalho com ele e essa é uma das razões pela qual ele é número um.

Leia também: