Paolini consegue virada e resiste à batalha imprópria para cardíacos rumo à final de Wimbledon

0
6
Paolini consegue virada e resiste à batalha imprópria para cardíacos rumo à final de Wimbledon

Mamma mia! Jasmine Paolini continua vivendo um autêntico conto de fadas ao longo de 2024 e, como se não bastasse ter sido vice-campeã em Roland Garros… agora também vai disputar a final de Wimbledon! Aos 28 anos, a italiana entrou nesta temporada sem qualquer vitória na grama na carreira e a verdade é que ultrapassou uma batalha imprópria para cardíacos para bater Donna Vekic rumo ao jogo decisivo no All England Club.

A número 7 do ranking da WTA superou a 37ª com as parciais 2-6, 6-4 e 7-6(8), em quase três horas intensas. Vekic abriu com calma para fazer o 6-2 e foi acumulando break points no segundo set até ser quebrada no décimo game para ver a terceira parcial se tornar realidade. E aí começava uma autêntica montanha russa de loucos.

Leia também:

 

Vekic conquistou uma quebra logo no primeiro game e liderou por 3-1 antes de Paolini restabelecer a igualdade e a croata voltar a quebrar para ter 4-3. A italiana cerrou os dentes e continuou na luta para devolver mais uma quebra e chegou mesmo a ter um match point no saque de Vekic em 5-4 e outro em 6-5. Pelo meio, salvou dois  break points e a loucura era completa na quadra central. Tudo foi resolvido no match tie-break com Paolini saindo por cima para ficar à espera de Elena Rybakina ou Barbora Krejcikova.

Não só é a primeira italiana na final de Wimbledon como também se torna apenas na quarta mulher a chegar à final de Roland Garros e Wimbledon na mesma temporada, sucedendo a Serena Williams, Venus Williams Justine Henin. Incrível!