Raducanu brilha em Wimbledon: “Trabalhava dia após dia e não sabia quando ia dar frutos”

0
4
Raducanu brilha em Wimbledon: “Trabalhava dia após dia e não sabia quando ia dar frutos”

Emma Raducanu avançou pela primeira vez para as oitavas de final de um Grand Slam desde que surpreendeu o mundo ao triunfar no US Open.

Agora em Wimbledon, a britânica parece particularmente inspirada e a vitória fácil frente a Maria Sakkari foi mais um exemplo disso mesmo.

DE VOLTA ÀS OITAVAS DE UM GRAND SLAM

O que estou mais feliz é com o nível que mostrei, já tenho vontade de voltar à quadra no meu próximo jogo. Obviamente que é incrível. Trabalha dia após dia, mas nunca sabe quando vai dar frutos, nunca sabe quando vai ter as recompensas. Creio que depois de muitas derrotas no circuito, às vezes, é muito difícil me manter no momento, continuar trabalhando, voltar a levantar, continuar fazendo o teu. Tem que ter em mente que em algum momento dará os seus frutos, mas não sabe quando. Estou muito contente que grande parte do trabalho que venho fazendo está sendo recompensado esta semana.

IMPLACÁVEL NOS PONTOS IMPORTANTES

Esse sempre foi um dos meus pontos fortes. Dou um passo em frente, adoro ter um objetivo e tentar superá-lo. Creio que é algo que fiz desde muito jovem. Nos últimos anos não estava jogando esses grandes pontos da mesma maneira, não era tão agressiva, era mais passiva. Sabia que a Maria não me ia dar o jogo nem erros. Sabia que tinha que ir por todos os pontos. Tem que aproveitar as oportunidades enquanto as tem.

Leia também: