Badosa radiante em Wimbledon: «Os médicos diziam que se calhar não podia jogar mais»

0
7
Badosa radiante em Wimbledon: «Os médicos diziam que se calhar não podia jogar mais»

Paula Badosa está a viver uma jornada de redenção na sua vida. Depois de as lesões quase lhe estragarem a carreira, a espanhola apurou-se para os oitavos-de-final de Wimbledon, ao virar contra Daria Kasatkina, e agora prepara-se para medir forças com Donna Vekic.

“Não é a primeira vez que chego à segunda semana de um Grand Slam, mas é a mais especial. Estou muito orgulhosa de mim mesma depois de todo. Sofri muito com as lesões e há muito tempo que não estava na segunda semana. Significa muito para mim e também depois do encontro que foi, muito mental e muito duro”, destacou.

Leia também:

 

Badosa confessou ainda que chegou mesmo a ter dúvidas sobre se ia voltar a competir. “No ano passado desisti e estive uns 10 meses fora, estava no sofá a ver os torneios de casa. Quando comecei este ano também não sabia o que ia acontecer. Os médicos diziam que se calhar não podia jogar mais. Sempre fui uma lutadora, então ia dar tudo. Então estou muito orgulhosa por ter passado por tudo isto. Agora estou na quarta ronda outra vez e a jogar a um bom nível. Significa muito”rematou.